registe-se
recuperar password

Tempo Livre participou no “think-tank” do PACTE
Mobilidade ativa em cidades ativas foi o tema central da sessão de trabalho realizada em Bruxelas

A Tempo Livre participou nos trabalhos do “think-tank” do projeto PACTE (Promoção de Cidades Ativas em toda a Europa) dinamizado pela “Sport & Citizenship” (Desporto e Cidadania), uma organização cívica, que assenta sobre quatro pilares (educação/escolas ativas, locais de trabalho ativos, lazer ativo e mobilidade ativa) e é cofinanciado pela União Europeia.
Como integrar a atividade física nos lugares onde vivemos, estudamos e trabalhamos e como nos podemos mover nas cidades de forma mais ativa foram algumas das questões em análise na reunião de reflexão sobre a mobilidade e o papel das cidades e do setor empresarial e privado na promoção da mobilidade ativa com vista a cidades mais sustentáveis, com melhor qualidade de vida para todos são alguns dos temas em análise.
A sessão de trabalho reuniu representantes de organizações e entidades que promovem a atividade física e o desporto, investigadores, gestores desportivos e outros agentes com a missão de definir uma estratégia de combate à inatividade na Europa.

Nas análises prévias foram identificados estudos que associam pessoas fisicamente mais ativas a cidades menos poluídas e com menores índices de criminalidade, tendo sido estimado que na Europa existem 200 milhões de pessoas inativas e que o sedentarismo europeu tem um custo anual de 18 mil milhões de euros (custos com saúde em geral, absentismo laboral, doenças crónicas, produtividade mais baixa, etc.)
Na reunião do projeto PACTE em que Guimarães esteve representada pela Tempo Livre, através do Centro de Estudos do Desporto – Guimarães, várias cidades europeias contribuíram com a sua experiência e partilharam boas práticas e exemplos de projetos que promovem a mobilidade ativa e cidades mais amigáveis para pedestres e ciclistas.

Apesar das evidências científicas e atenção política sobre os benefícios da promoção de estilos de vida saudáveis nos países europeus, a crise sedentária está a crescer. Mais de 200 milhões de cidadãos europeus são inativos (não praticam qualquer atividade física ou desporto na sua rotina diária), e 66% dos decisores políticos (a nível local, regional e nacional) desconhecem a situação e não dispõem de estratégias para combater a situação.
É convicção do grupo de trabalho do projeto PACTE que existe uma oportunidade de reverter essa tendência e que as cidades (onde se concentram cada vez mais pessoas) têm um papel fundamental a desempenhar, principalmente no que diz respeito à mobilidade ativa em ambientes urbanos.
Nesse sentido, foi feito um apelo aos poderes municipais e nacionais de toda a Europa para que se invista mais em infraestruturas que tornem as ruas das cidades mais seguras, com menos espaço para carros e mais para as pessoas caminharem e andarem de bicicleta.

No âmbito do projeto PACTE está em curso uma pesquisa representativa que inclui um levantamento das políticas e boas práticas desenvolvidas por municípios europeus e com base no trabalho de campo pretende-se apresentar um modelo que possa ser replicado com vista a tornar as cidades europeias mais ativas e sustentáveis.
Recorde-se que a Tempo Livre participou anteriormente, a convite da organização, nas reuniões do projeto PACTE realizadas em Liverpool e Berlim.

 

voltar

Obras de requalificação no Pavilhão do Inatel
Intervenção visa melhorar as condições de utilização, a resolução de infiltrações e adaptar às novas recomendações de segurança
ler mais
20 de setembro
Luccas Neto no Multiusos
Youtuber brasileiro apresentará no Multiusos o espetáculo "Luccas Neto e a Escola de Aventureiros"
ler mais
Desporto
Tempo Livre reforça aposta na formação
Através do CED-G (Centro de Estudos do Desporto de Guimarães), Tempo Livre apresenta plano formativo abrangente e transversal
ler mais
2019
Multiusos de Guimarães bateu recorde
Superado em 2019 o recorde de número de eventos realizados num só ano
ler mais
Gala do Desporto
Guimarães distinguiu mérito desportivo
Gaspar Gonçalves distinguido com o prémio "Homenagem" e Gustavo Castro com o prémio "Carreira". Atribuídas 5 bolsas de formação
ler mais
 
Design por Martino & Jaña Design | Desenvolvido por Webprodz